fbpx

Capítulo I: O fantasma do Marketing

O livro Um conto de natal de Charles Dickens foi publicado pela primeira vez em 1843, e conta a história do avarento Ebenezer Scrooge, um senhor ganancioso que não tinha apreço por ninguém e, muito menos, pelo Natal, apenas por coisas materiais.

O conto começa com Scrooge na véspera de Natal, trabalhando em sua empresa de contabilidade, a qual dividia com seu sócio Marley, que havia falecido há sete anos. Scrooge era o único amigo e executor do testamento, mas mesmo na morte do sócio não perdeu tempo e tirou proveito barganhando o serviço funerário mais barato que conseguiu.

Nesta empresa, com Scrooge, trabalhava um jovem rapaz, que estava praticamente congelando, pois o patrão mantinha os carvões da lareira guardados num cofre para economizá-los.

Neste dia, Scrooge recebe a visita de seu sobrinho, sua única família. Como um grande entusiasta e admirador do Natal, sua intenção era convidar o tio a passar a véspera com ele e a esposa, mas logo é expulso pelo tio ranzinza.

Pouco tempo depois, dois senhores pedindo doações também são tratados com ironia e expulsos por Scrooge, que terminando o seu expediente vai para casa, mas antes reclama com seu empregado sobre como era injusto dispensá-lo do trabalho no dia seguinte, que seria dia de Natal. Para ele, o Natal era uma perda de tempo e prejuízo para o seu negócio.

Ao chegar em casa, ele começa a perceber coisas estranhas ao redor, como o fato de sua fechadura parecer o rosto de seu antigo sócio, vultos, barulhos de sinos e ferragens. Até se lembrar de escutar que fantasmas assombram as casas arrastando correntes.

Então, o fantasma de seu amigo Marley aparece, envolto em correntes que prendiam ele a cofres de dinheiros e livros contábeis. Essas correntes foram “forjadas” em vida e ele estava destinado a carregar pela eternidade, justamente por seu comportamento egoísta e avarento. Mas, Marley visita Scrooge para avisá-lo que sua corrente será ainda mais longa que a dele, caso ele insista em continuar sendo mesquinho e egoísta com as pessoas à sua volta. Assim, ele oferece a Scrooge uma chance e uma esperança de não ter o mesmo destino que ele, avisando o velho amigo, que ele será visitado por três espíritos.

Quando Marley se afasta e vai embora, Scrooge olha pela janela e vê vários fantasmas vagando com suas correntes, quando olha novamente as criaturas se dissiparam na neblina. Então vai se deitar e adormece instantaneamente…

E o que isso tem a ver com o Marketing?

Aparentemente, essa história de Natal não tem nada a ver com Maketing, né? Você deve estar se perguntando: “será que o time da Nezz enlouqueceu?” Mas calma, nesta época do ano, nós chegamos bem perto disso, porém, estamos lúcidos e vamos te mostrar que essa história que nada fala sobre Marketing, ainda pode nos trazer alguns ensinamentos sobre a área.

Existem três erros comuns, que muitas pessoas cometem quando o assunto é marketing. O primeiro deles é tentar buscar caminhos fáceis e econômicos para vender um produto ou serviço. Na maioria das vezes, as pessoas criam uma página nas redes sociais, fazem alguns posts e esperam que isso dê algum resultado, mas é preciso muito mais do que isso. É necessário planejamento, conhecimento, estratégia e investimento para que o marketing da sua empresa possa ser realmente efetivo.

O segundo erro é acreditar em promessas e soluções fáceis. A internet trouxe uma enorme facilidade de compartilhamento de informações, e isso é ótimo, porém, muitas pessoas mal intencionadas vendem “soluções de sucesso” que não trazem resultados e fazem com que muitas pessoas fiquem desacreditadas com o marketing, achando que não funciona, ou, até mesmo, que todos os profissionais da área são charlatões. É importante tomar cuidado com o que vendem por aí, receitas de bolo, soluções fáceis e rápidas, infelizmente não existem. Pelo contrário, é preciso muito trabalho, análise de dados e informações, leitura de mercado, pesquisa, buscar bons conteúdos e muitos outros passos que podem ser mais adequados para um tipo de negócio e para outro nem tanto.

Seria ótimo se tudo o que desejamos acontecesse do dia para a noite, não é verdade? Mas infelizmente não é isso o que acontece. Por isso, o terceiro erro mais cometido é a busca pelo imediatismo. Muitas pessoas buscam fazer aquilo que pode trazer resultado mais rápido, mas é preciso ter em mente que nem sempre isso acontece. Muitos resultados impactantes só podem ser vistos a médio e longo prazo. Então, ter paciência e entendimento da situação do mercado e aplicar boas estratégias, podem surtir mais efeito e trazer resultados mais eficazes.

Portanto, para que você não fique preso em correntes que poderão fazer mal ao seu negócio no futuro, veja como está o seu presente, observe os erros que vem cometendo quando se trata de investimento em marketing.

Nos próximos capítulos, falaremos mais sobre esses erros e buscaremos mais reflexões que possam ajudar você a prosperar com o seu negócio.

Facebook
Twitter
Email
Print

Newsletter

Sign up our newsletter to get update information, news and free insight.